Reportagem Black Bombaim e Peter Brötzmann no Passos Manuel: Paisiel deram o mote, Brötzmann e companhia dissertaram-no por completo - Engenharia Rádio

Reportagem Black Bombaim e Peter Brötzmann no Passos Manuel: Paisiel deram o mote, Brötzmann e companhia dissertaram-no por completo

Quinta-feira passada, dia 25 de outubro, Black Bombaim e Peter Brötzmann subiram a palco em conjunto na sala de espetáculos do Passos Manuel. Depois de se terem apresentado na Musicbox no âmbito do festival Jameson Urban Routes no dia anterior, os barcelenses e o saxofonista alemão tocaram ao vivo no Porto, numa oportunidade única para ver e ouvir não só uma dupla interessantíssima, como também a lenda do free jazz europeu, Peter Brötzmann.

O espetáculo principiou praticamente à hora prometida com a atuação dos Paisiel, projeto de João Pais Filipe e Julius Gabriel, que ofereceu uma panóplia de temas marcados por um estilo drone, com extensa repetição rítmica e uso de dispositivos eletrónicos, acompanhados sobretudo pelo dançar das notas bem secas do saxofone, ou, por vezes apenas pelo longo suster destas. O ambiente frenético e árido estava assim lançado da melhor maneira possível para o que se avizinhava.

Eis que às 22:40 a sala, já mais composta, silencia e escurece de novo, desta vez ao som da introdução a solo de Peter Brötzmann. E a partir daí foi sempre a abrir. Ritmo imparável dos quatro artistas em palco numa loucura simultânea de todos os instrumentos. Riffs atrás de riffs e o próprio alemão, quase octogenário, raramente parava de tocar, e quando o fazia nunca parecia sem fôlego. O conjunto tocou durante pouco menos de uma hora, tendo passado por todas as partes do álbum editado no ano transato, e proporcionou um som e um ambiente avassaladores, marcados pela excelência no domínio de cada instrumento e pela harmonia musical no meio do caos instrumental.

O concerto foi de facto tudo aquilo do que melhor se esperava, o jazz livre e delirante de Brötzmann aliado ao som de um louco e infindável deserto dos Black Bombaim é uma combinação feita no paraíso.

Um enorme obrigado à organização do evento, a Lovers & Lollypops, e também ao Ricardo Santos pela gentileza na cedência das fotografias.

Fonte da fotografia de destaque: shifter.pt

 

Publicado a

Comentários fechados em Reportagem Black Bombaim e Peter Brötzmann no Passos Manuel: Paisiel deram o mote, Brötzmann e companhia dissertaram-no por completo