Quando eu nasci, as frases que hão-de salvar a humanidade já estavam todas escritas, só faltava uma coisa – salvar a humanidade.   José de Almada Negreiros

Um texto de José Carlos Ary dos Santos Dedicado aos que durante a longa noite do fascismo mantiveram acesa a chama da liberdade e que por essa mesma liberdade lutaram.

O autor fez um programa com ele próprio. Nota: o autor sugere ouvir o programa com phones para melhor tirar proveito dos jogos de estereofonia nele utilizados (no programa não […]

Em 1979, numa fase em que o espirito revolucionario se começou a esvair, José Mário Branco escreve uma música que iria entrar na história da música nacional. Lançado em EP […]