No dia 02 de Junho de 2012, a Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, numa iniciativa dos alunos da cadeira Metodologia I – Desporto e Populações Especiais e […]

Ouve aqui em directo as conferências do centenário da UP.
TERRITÓRIOS — 24 de MArçO, tArde
Moderador: Filipe Duarte Santos (Universidade de Lisboa)
14h30. Alain Bourdin (Université de Paris est, Marne la Vallée)
15h10. João Ferrão (Universidade de Lisboa)
15h30. Álvaro Domingues (Universidade do Porto)
15h50. Manuel Ferreira Oliveira (Galp EnergiA)
16h10. Debate
17h10. Encerramento da sessão
A Universidade do Porto comemorou os seus 100 anos na passada terça-feira, dia 22 de Março. No virar do século de vida, a UP promove uma conferência que pretende rever o trabalho feito no último século e reflectir os projectos futuros da maior universidade portuguesa.
O investigador Manuel Sobrinho Simões, Helga Nowotny (presidente do European Research Council), António Nóvoa (reitor da Universidade de Lisboa) ou Fernando Seabra Santos (ex-reitor da Universidade de Coimbra) são nomes confirmados num encontro que estará estruturado num conjunto de debates públicos em torno de quatro grandes temas: Saberes, Vida, Territórios e Universidade.
TERRITÓRIOS — 24 de Março, tarde
Na sessão que terá como título TERRITÓRIOS partir-se-á da constatação de que os territórios e seus usos se tornaram numa das questões críticas da contemporaneidade. De factor de contenção de habitats e actividades, a mobilidade e o acesso à informação global transformaram o papel do território, diluindo as barreiras da vida urbana e os conceitos
físicos de “cidade e campo”, bem como a sua relação com os ocupantes “naturais”.  Só uma abordagem pluridisciplinar permitirá encontrar novos critérios e processos de projecto, regulação e gestão que articulem desígnios múltiplos e por vezes contraditórios. Mas saberá a  universidade libertar-se da herança do mosaico corporativo das profissões e, a partir da articulação investigação/intervenção, abordar a complexidade e transversalidade dos problemas em presença?
Conferência do Centenário da UPOuve aqui em directo as conferências do centenário da UP.
UNIVERSIDADE — 25 de Março, tarde

Moderador: António Rendas (Universidade Nova de Lisboa)
14h30. Roger Dillemans (Ku Leuven)
15h10. Timothy O’Shea (University Of Edinburgh)
15h30. Fernando Seabra Santos (Universidade de Coimbra)
15h50. Debate
16h50. Encerramento da sessão

A Universidade do Porto comemorou os seus 100 anos na passada terça-feira, dia 22 de Março. No virar do século de vida, a UP promove uma conferência que pretende rever o trabalho feito no último século e reflectir os projectos futuros da maior universidade portuguesa. Dias 24 e 25 no auditório da Faculdade de Engenharia.
O investigador Manuel Sobrinho Simões, Helga Nowotny (presidente do European Research Council), António Nóvoa (reitor da Universidade de Lisboa) ou Fernando Seabra Santos (ex-reitor da Universidade de Coimbra) são nomes confirmados num encontro que estará estruturado num conjunto de debates públicos em torno de quatro grandes temas: Saberes, Vida, Territórios e Universidade.

UNIVERSIDADE — 25 de Março, tarde
Na sessão que terá como título UNIVERSIDADE procurar-se-á pensar a universidade no confronto entre os valores em que se fundou e os desafios que hoje tem. De que forma, nas suas políticas e práticas, valores como a ética, o mérito, a transparência, a isenção estão a conviver com o forte espírito competitivo que hoje anima as universidades? De que forma a excelência na investigação e a necessidade de inovação – que estão a promover uma acérrima competição entre investigadores – podem desenvolver-se sem prejuízo da qualidade do ensino, da nobreza da função docente e de um forte compromisso com os estudantes? Que equilíbrios devem ser assegurados, que compromissos podem ser estabelecidos entre a pressão para a internacionalização e a valorização das regiões e comunidades em que se inserem as universidades? Como se tem comportado e como irá comportar-se no futuro a universidade?

Para veres o programa completo, carrega no botão “continuar”.